A centralidade das aglomerações metropolitanas na economia globalizada: fundamentos econômicos e possibilidades políticas

(The centrality of metropolitan agglomerations in the globalized economy: economic foundations and political perspectives)
Autor(es): Daniel Sanfelici

Referência Geográfica: Brasil
Ano: 2016
Nº: 37

PDF Clique aqui para baixar este artigo


Palavras-chave: globalização; urbanização; proximidade espacial; desenvolvimento local.
Keywords: globalization; urbanization; spatial proximity; local development.

Resumo
Em que pese a infinidade de previsões sobre o iminente declínio da importância das grandes cidades, estas últimas mantêm-se como nós privilegiados do desenvolvimento econômico. Este artigo propõe uma discussão teórica sobre as forças econômicas que reiteram a centralidade da metrópole no processo de globalização e sobre as possibilidades e limites da ação política local. Na primeira parte, o artigo dedica-se a examinar os fundamentos econômicos da aglomeração espacial. Na segunda par- te, discute como essas mesmas forças econômicas básicas, mediadas pela ação pública local, estruturam o espaço intraurbano. E, na terceira e última parte, discute as possibilidades abertas à ação pública local, ressaltando que, para ser eficaz, esta última deve ser concebida, ao mesmo tempo, como transescalar e multidimensional.

Abstract
Despite the numerous predictions about the imminent decline in the importance of large cities, they continue to be key hubs of economic development. This articles aims to discuss the economic forces that keep the metropolis at the center of globalization, as well as prospects and limits for political action at the local level. In the first part, the paper discusses the economic foundations of spatial agglomeration. The second part looks into how these economic forces, mediated by local public action, structure intra-urban space. In the third and last part, the paper examines the possibilities open to local public action, underscoring that, in order to be effective, it has to be seen as simultaneously trans-scalar and multi-dimensional.