Artistas de rua: trabalhadores ou pedintes?

(Street performers: workers or beggars?)
Autor(es): Bruno Buscariolli, Adele de Toledo Carneiro, Eliane Santos

Referência Geográfica: Brasil
Ano: 2016
Nº: 37

PDF Clique aqui para baixar este artigo


Palavras-chave: artistas de rua; performance artística urbana; etnografia urbana.
Keywords: street performers; urban artistic performance; urban ethnography.

Resumo
O presente trabalho apresenta as principais características da interação entre artistas de rua e o público em diferentes horários, localizações e tipos de arte, utilizando-se do método da observação. Com os resultados, foi possível verificar relações entre os códigos observados, como o perfil social dos espectadores e o tipo de arte que apreciam e a contribuição financeira. Outros aspectos que influenciam na interação com o artista são a faixa etária do público e a localização geográfica da atuação. A pesquisa evidenciou que a performance dos artistas de rua é um fenômeno democrático, porém de modo geral esses profissionais são ainda vistos pela população como pedintes, e não como pessoas de carreira artística em construção.

Abstract
This paper presents the main features of the interaction between street performers and the audience at different times, locations, and types of art, using the observation method. The results enabled us to note relationships among the observed codes, such as the spectators’ social profile and the kind of art they appreciate and to which they contribute financially. Other aspects that influence the interaction with the artist are the age group of the audience and the geographical location of the performance. The research showed that these artists’ performance is a democratic phenomenon but, generally speaking, these professionals are still seen by the population as beggars, not as people whose artistic career is under construction.