Diferenciação da espacializaçao da metrópole no Brasil: referências para a gestão

(Spatial differentiation in the metropolises of Brazil: references for management)
Autor(es): Fany Davidovich

Referência Geográfica: Brasil
Ano: 2003
Nº: 9

PDF Clique aqui para baixar este artigo


Palavras-chave: Diferenças intra e intermetropolitanas; estruturas socioespaciais.
Keywords: Differences in inter and intra-metropolitan areas; social-spatial structures.

Resumo
O trabalho pretende indicar referências para a gestão das metrópoles a partir da análise de diferenças inter e intrametropolitanas. A autora crê que a sinalização de distintas estruturas socioespaciais pode servir de base para o desenvolvimento de outras pesquisas sobre o tema das metrópoles. Utiliza, em seu texto, referências de tamanho populacional e de taxas de crescimento demográfico para o período 1991-2000, de acordo com o IBGE; numa segunda etapa, prevê o emprego de outras variáveis, relacionadas a idade, cor, gênero e condições de vida. A autora acredita que os procedimentos adotados possibilitam críticas embasadas a uma percepção genérica da metrópole que poderia levar a interpretações errôneas sobre a gestão.

Abstract
The work intends to indicate references for the management of metropolises, based on an analysis of differences in inter and intra-metropolitan areas. The author believes that bringing to light some distinct socio-spatial structures can be the basis for developing other research studies on the metropolis theme. She uses population size and demographic references for the period 1991-2000 released by IBGE. In a second phase, she suggests the use of other variables related to age, color, gender, and living conditions. Fany Davidovich believes that the procedures adopted could lead to misinterpretations concerning metropolis management.