Metrópole, moeda e mercados. A agenda urbana em tempos de reemergência das finanças globais

(Metropolis, money and markets. The urban agenda in times of reemergence of global capital)
Autor(es): Jeroen Klink


Ano: 2018
Nº: 43

PDF Clique aqui para baixar este artigo


Palavras-chave: estudos sociais das finanças; capital financeiro; economia política; governança metropolitana compartilhada; governança corporativa.
Keywords: social studies of finance; finance capital; political economy; shared metropolitan governance; corporate governance.

Resumo
O presente artigo explora a complementaridade entre a economia política e os estudos sociais das finanças para compreender a variedade de mecanismos pelos quais o capital financeiro se articula com a (re)produção da metrópole, com ênfase no contexto brasileiro. Depois de introduzir alguns conceitos básicos dos estudos sociais das finanças e de qualificá-los à luz da abordagem ortodoxa das finanças corporativas, apresento dois exemplos – a securitização dos tributos e a precificação da água na Grande São Paulo – de como essa vertente pode contribuir para a análise do maior entrelaçamento entre “a finança” e a metrópole. Concluo com recomendações para uma agenda de pesquisa que articulea economia política com os estudos sociais das finanças urbanas.

Abstract
This paper explores the complementarities between political economy approaches and social studies of finance to build an understanding of the varied mechanisms through which finance capital connects with the (re)production of the metropolis, emphasizing the Brazilian context. After introducing the basic concepts of the social studies of finance and qualifying them in light of the orthodox approach of corporate finance, I discuss two examples of the potential insights this approach provides for the analysis of the interaction between finance capital and the metropolis, one related to the securitization of taxes, the other associated with water pricing in Greater São Paulo. The paper is concluded with recommendations for a research agenda that connects political economy with social studies of urban finance.