O planejamento dos transportes nas áreas metropolitanas

(The transport planning in the metropolitan areas)
Autor(es): Beatriz Maria Soares Pontes

Referência Geográfica: Brasil
Ano: 2005
Nº: 14

PDF Clique aqui para baixar este artigo


Palavras-chave: Planejamento dos transportes; trânsito; tráfego; transportes coletivos; transportes alternativos; renda e transportes.
Keywords: Transport planning; transit; traffic; public transportation; alternative means of transportation; income and transport.

Resumo
A programação coordenada dos investimentos e a concepção de sistemas operacionais integrados de transportes tornam-se cada vez mais importantes no contexto do planejamento global das áreas metropolitanas. Primeiramente, porque a disponibilidade de serviços de transporte condiciona o processo e os padrões de expansão das áreas urbanas e metropolitanas e define ou reorienta os padrões de uso do solo. Em seguida porque, além de constituir-se em condicionante de opções locacionais, um sistema de transportes racionalmente concebido constitui também importante instrumento de redistribuição de renda em favor das populações economicamente menos favorecidas nessas áreas e fator de elevação dos níveis de vida em geral, na medida em que são proporcionados ganhos de tempo e conforto aos usuários. Finalmente, porque os transportes constituem fator de integração, compatibilização e racionalização dos mercados de bens e serviços, assim como fatores de produção.

Abstract
The coordinated programming of investments and the conception of integrated operational systems of transport are becoming more and more important in the context of the global planning of metropolitan areas. First, because the availability of transport services sets the process conditions and the expansion patterns of the urban and metropolitan areas, defining or redirecting the patterns of land use. Then, because, besides restraining location options, a rationally conceived transport system also constitutes an important instrument of income redistribution in favor of the economically unprivileged populations in these areas, and a factor of elevation of life levels in general, as time saving and comfort are provided for the users. Finally, because transports constitute a factor of integration, compatibility and rationalization of the goods and services market, as well as production factors.